terça-feira, outubro 18, 2011

Frases feitas



O povo é soberano. Existem um montão de frases feitas que são inquestionáveis...afirmações inabaláveis...verdades irrefutáveis. Hoje lembrei-me de uma: para morrer só é preciso estar-se vivo. Haverá algo que possa deitar esta frase feita por terra? Não me parece.

Ocorreu-me uma outra: para viver só é preciso estar-se vivo. Pois...mais uma verdade inabalável. Aliás...as duas estão interligadas. A diferença é que a morte é a morte. Ainda que possa ser encarada de maneira diferente para cada um de nós, o fim de final ou o início de algo, a morte é quando o nosso corpo termina as suas funções nesta vida terrena, a que conhecemos.

Quanto a viver-se porque que se está vivo...ui...muito mais complicado. O que para mim pode significar Viver, para outro pode ter um significado completamente diferente. Depende de valores, conceitos, filosofias, objectivos, etc, etc...

Mas o importante, pelo menos para mim, é que convém, alguns dias pelo menos, dar-mo-nos conta de todas as coisas boas que temos na vida e não valorizamos, melhor dizendo, nem sempre damos o devido valor. E que quando conseguimos parar do reboliço, da correria, do stress, das obrigações, das dependências...consigamos dar conta que tudo o que é verdadeiramente importante para o nosso equilíbrio, para o nosso bem estar, transformamos em "dados adquiridos". E como "dados adquiridos" que são, não valorizamos convenientemente...é algo que está ali...está presente...é nosso...não falta...para quê "perder tempo" com o que temos?!...

Pois, é isso mesmo. Devemos usar todo o tempo possível com o que nos faz minimamente felizes. Porque se um dia perdermos essa felicidade, presumo que será difícil perdoar-mo-nos...quando ao fazermos uma retrospectiva dermos conta do quanto ausente estivémos para o que tínhamos, em detrimento do que não tínhamos...e da corrida que fazemos diariamente para cumprir com as exigências da vida, quando a maior exigência da vida é VIVER e tentar que todos os dias sejamos menos infelizes do que no dia anterior.

Lá diz o povo, que nisso é soberano: o Amor é como uma planta; quando não se rega, murcha. E o Amor, na sua verdadeira amplitude, é a essência da nossa existência.

Façam o favor de ser Felizes!... :)