quinta-feira, março 15, 2007

A magia da vida...


"É preciso correr riscos, dizia ele. Só percebemos realmente o milagre da vida quando deixamos que o inesperado aconteça.
Deus dá-nos todos os dias - junto com o sol - um momento em que é possível mudar tudo o que nos deixa infelizes. Todos os dias procuramos fingir que não nos apercebemos desse momento, que ele não existe, que hoje é igual a ontem e será igual ao amanhã. Mas, quem presta atenção ao seu dia, descobre o instante mágico. Ele pode estar escondido na altura em que enfiamos a chave na porta, pela manhã, no instante de silêncio logo após o jantar, nas mil e uma coisas que parecem iguais. Mas nesse momento existe - um momento onde toda a força das estrelas passa por nós, e que nos permite fazer milagres.
Às vezes, a felicidade é uma benção - mas geralmente é uma conquista. O instante mágico do dia ajuda-nos a mudar, faz-nos ir em busca dos nossos sonhos. Vamos sofrer, vamos ter momentos difíceis, vamos enfrentar muitas desilusões. Mas tudo isto é passageiro e não deixa marcas. E, no futuro, poderemos olhar para trás com orgulho e fé. Mas pobre de quem teve medo de correr riscos. Porque esse talvez não se decepcione nunca, nem tenha desilusões, nem sofra como aqueles que têm um sonho a seguir. Mas quando olhar para trás - porque olhamos sempre para trás - vai ouvir o seu coração a dizer: «o que fizeste com os milagres que Deus semeou nos teus dias? O que fizeste com os talentos que o teu Mestre te confiou? Enterraste-os bem fundo numa cova, porque tinhas medo de perdê-los. Então, esta é a tua herança: a certeza de que desperdiçaste a tua vida.»
Pobre daquele que escuta estas palavras. Porque então acreditará em milagres, mas os instantes mágicos da vida já terão passado."

in "Na margem do Rio Piedra eu sentei e chorei"
Paulo Coelho

Não tenham medo de ser felizes. A felicidade é uma conquista, não uma benção. Sigam sempre o caminho do coração, porque independentemente do caminho escolhido vir a ser o certo ou o errado, era o único possível numa determinada altura. Só assim vale a pena viver!

10 Comments:

Blogger Claudia said...

Assim o espero...

Obrigada.

Beijo querida amiga

3/16/2007 12:32 da manhã  
Anonymous raízes said...

É verdade, verdadinha!
A única verdade que temos em cada momento tem só e só os ingredientes das nossas crenças! Estejam elas certíssimas ou redondamente enganadas (se bem que estes conceitos -certo / errado- não existam no seu absolutismo, na minha opinião). E agindo de acordo com a "nossa" verdade em cada momento nunca nos arrependeremos nem correremos o risco de olhar para trás e nos mal julgarmos, porque naquele momento.. aquela era a nossa verdade!

O segredo é mesmo um só:
Obedecer ao coração!
..e não lhe virar as costas quando o caminho que ele nos der nos parecer um pouco mais difícil que outros..
E para "facilitar" (embora só estejamos a retardar a resposta), inventamos outro caminho só para correr pelo atalho. E a insatisfação continua lá! E se tivermos a humildade de reconhecer, conseguimos perceber que a resposta já nos era sussurrada ao ouvido há algum tempo.
E até esse momento.. estivémos, desafortunadamente, a adiar a nossa vida!

PRONTO! Aqui está a minha estreia :D

3/16/2007 10:38 da manhã  
Blogger Paula said...

Nem de propósito...Ainda ontem disse a uma amiga que também eu seguia sempre o coração,mesmo que por vezes soubesse à partida que me iria magoar!Nunca me arrependi porque sei que vivi intensamente cada segundo.Obrigada.

3/16/2007 9:20 da tarde  
Blogger mar_e_sol said...

claudia, o prazer foi todo meu :)
Beijos

raizes, gostei da tua estreia, muito!...Volta sempre :)
Beijo

paula, lá diz o ditado: "o coração tem razões que a própria razão desconhece" e só nos devemos arrepender do que não fazemos.
Beijo

3/17/2007 1:13 da manhã  
Blogger joão marinheiro said...

Olá Mar e Sol, faz muito tempo já que por aqui não aporto vindo do meu mar de memórias. Confesso que não leio Paulo Coelho, se calhar devia, nem sei. Do texto que nos trazes dele, algumas coisas não concordo, não concordo quando diz que tudo é passageiro e não deixa marcas, então não seria esse o momento mágico que apregoa, o momento feliz acredita, sei do que falo e das marcas que perduram, que morrem quando eu partir, foram momentos mágicos que marcaram a fogo por dentro, não passagens...
A felicidade conquista-se, concordo efectivamente, constrói-se pedra a pedra. O segredo está no coração. Costumo dizer que o amor tem a cor branca...Acho que me alonguei nas palavras…
Abraço-te a esta hora

3/18/2007 1:46 da manhã  
Blogger Armando said...

Moça... já há algum tempo que cá não vinha! Fico feliz por ver que andas em dia com o teu blogzito!! Deixa lá ler o que tens escrito!!

3/19/2007 12:47 da manhã  
Blogger maresia_mar said...

Olá grande verdade esta... Ser feliz, é tudo que a gente quer realmente..
passei só para dizer olá, ando numa fase que não dá tempo para nada.. Bjhs e boa semana

3/19/2007 1:27 da tarde  
Anonymous Secreta said...

Seguir o coração , seguir os sentires que dele emanam ... a única forma de conquistar a felicidade.
Beijito :)

3/21/2007 2:10 da tarde  
Blogger Vida said...

Gostei muito de ler este livro, Na margem do Rio Piedra eu sentei e chorei, e gostei de reler este trecho novamente...eu queria tanto ser feliz, tenho tudo para isso.

Beijinhos para ti e bom fim de semana.

3/22/2007 3:41 da tarde  
Blogger mar_e_sol said...

joao, e por onde tens andado tu atracado?!... :)
Um beijo

armando, andam fugidos estes moços... :))
Beijo

maresia_mar, o maldito tempo... :(
Beijos

secreta, é tudo uma questão de seguir, SIM!... :)
Beijos

vida, então e não és?!...Ai um puxão de orelhas :))
Beijos

3/22/2007 11:08 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home