terça-feira, janeiro 23, 2007

Será que não?!...


Amores não se comparam.

São únicos. Têm o seu espaço, o seu tempo, circunstâncias, características próprias. Quando, se, terminam, deixam um buraco, um vazio que custa a preencher. Mas o tempo tapa-o. Com os momentos bons, ficando sempre frestas provocadas pelas pontas aguçadas que dilaceraram e esventraram o que até então parecia perfeito. Existirá a perfeição?

Amores não se comparam.

Essas frestas são travões à luz. Paradoxo? Aparentemente sim, mas para tapá-las só uma nova luz que teimamos em não deixar entrar. Medo que nos ofusque, nos cegue e que essas mesmas frestas se transformem em buracos irremediavelmente esburacados. Mas ela acaba por entrar. Frouxa inicialmente, mas que recebemos como se estivessemos estado uma vida inteira na penumbra. Uma luz única, diferente, especial. Que nos guia o presente e ofusca o passado. Mas se esta luz fica trémula...teremos saído da penumbra?

Amores não se comparam.

6 Comments:

Anonymous oteudoceolhar said...

Concordo plenamente...utópico sentimento que de tão intenso por vezes nos sofoca a existência...saboroso contudo, por entre o bom e o mau...que reter? Tudo aquilo que faz dele um todo. Beijo n´oteudoceolhar **

1/23/2007 5:07 da tarde  
Anonymous Guilherme F said...

Não. Claro que não. Cada pessoa tem as suas diferenças...quase sempre!
bj
Gui
(..se tiver água, não, pode ser de "palavras"... ;) )

coisasdagaveta.blogs.sapo.pt

1/23/2007 6:08 da tarde  
Blogger Claudia said...

Penso que foram as palavras mais bonitas que já li no teu canto...
Mesmo bonitas.

Beijo

1/23/2007 9:54 da tarde  
Anonymous Secreta said...

Amores não se comparam ... cada um é diferente do outro.
Beijito.

1/24/2007 11:41 da manhã  
Anonymous Tambor said...

Também concordo em absoluto. Amores não se comparam não senhora. Cada um a sua maneira, cada um sentido e vivido de forma única. Se a luz fica trémula teremos saído da penumbra? Sim! Saímos do encantamento do amor porque a luz é diferente, deixa de ter brilho e daí a penumbra. Um beijo

1/24/2007 2:04 da tarde  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Jamais se comparam amores!

bjos

1/24/2007 10:35 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home