quinta-feira, janeiro 25, 2007

Sem título

Duas almas que envolvem um corpo
Uno, indivisível, complemento
O teu prazer é o meu conforto
O meu desejo o teu alimento

- Vem-te para mim!
Dizes-me tu de mansinho
- Vou ser tua, sim!
Envolve-o no teu ninho

Adoro perder-me em ti
Não me querendo encontrar
E quando me encontro em mim
Perde-te em mim para te amar

6 Comments:

Blogger B. said...

eu não posso ler estas coisas! fico logo doente! loll


está lindo!!!!

obrigada pela tua visita ao meu blog

beijo

1/25/2007 5:18 da tarde  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

E é tão bom perdermo nos em alguem para nos encontrarmos.

bjinhos

1/25/2007 11:06 da tarde  
Blogger Lauxinha said...

hummm

delicioso...

eheh

beijinho

1/25/2007 11:12 da tarde  
Blogger maresia_mar said...

Um poema cheio de sensibilidade e paixão.. Lindo..
Bjhs e bom fds

1/26/2007 5:29 da tarde  
Blogger As cores da vida said...

Bonito, sim!!

:-))

1/28/2007 9:20 da tarde  
Anonymous Tambor said...

Ai meu deus que a mim também me faz logo mal ler coisas assim. "Adoro perder-me em ti" Ando carente por sinal. Um beijo.

1/29/2007 10:29 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home