terça-feira, outubro 03, 2006

Grão a Grão


Em ti me perco
Em ti me encontro
Na languidez da tua voz
Que me aquece
No sussurro do teu olhar
Que me deslumbra
Na carícia das tuas mãos
Que me entontece
Na volúpia dos teus beijos
Que me enlouquece
Perco-me em ti
Encontra-te em mim
Paixão

8 Comments:

Blogger Pedaços de mim said...

Adorei ler-te;
adorei as tuas palavras,
o teu sentir a tua paixão.

Estamos vivas enquanto formos competentes de ter paixões,
enquanto sentirmos essa sensibilidade à flor da pele.
Bj

10/03/2006 9:13 da tarde  
Blogger alikimista said...

..delicioso...
BJS

10/03/2006 10:37 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

o poema é para mim?
Amiga, que romantico se vive para estes lados, não vou sair daqui!
:-)
Como estás?

Beijinho com sabor a saudades de algo que ainda nunca se teve

10/04/2006 10:23 da manhã  
Blogger maresia_mar said...

Olá,
vim deixar-te um beijo com sabor a maresia.. isso é que é paixão, sensualidade à flor da pele.. Bjhs e bom feriado

10/04/2006 4:14 da tarde  
Blogger frog said...

Gostei da sensualidade do poema!...

Um beijo...

10/04/2006 8:10 da tarde  
Blogger Velutha said...

Um poema muito bonito que revela uma mulher muito sensual e apaixonada.
Beijinhos

10/04/2006 11:49 da tarde  
Blogger karla said...

esse poema, kuase k poderia assinar por baixo e dedica-lo a alguém... :)

Tá lindissimo, e mt sentido...

beijinhos

10/05/2006 6:43 da tarde  
Blogger mar_e_sol said...

pedaços de mim, vivemos sempre que sentimos...:)

alikimista, obg pela visita :)

anonymous, então não saias...:))
Não escrevo para anónimos ;)

maresia_mar, o feriado já passou, venha o fim de semana :)

frog, obrigada :)

velutha, pois...:)

karla, estás à vontade...:)

10/06/2006 12:58 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home