segunda-feira, setembro 25, 2006

Em mim


Entra em mim
Ouve o que o meu coração te diz
Não os meus lábios
Não a minha boca
Nem o meu corpo perdido em ti

Entra em mim
Sente a minha alma a arder
Não as minhas mãos
Não as minhas palavras
Nem a loucura do meu prazer

Entra em mim
Vês o que te mostro?
Lês o que te escrevo?
Ouves o o que te digo?
Sentes-me?

Então não tenhas dúvidas
Assinaste-me o coração
Marcaste-me a alma
Entraste, sim!
Tenho-te dentro de mim!

15 Comments:

Blogger frog said...

Guarda bem esse amor que entrou no coração!... O amor é o nosso bem mais precioso...
O poema é lindoooooo.....

Um beijo e uma boa semana

9/25/2006 1:04 da tarde  
Blogger Guilherme F. said...

Entrei! e agora ando perdido nos sentimentos deste grande coração. Dás-me a mão...?
(diria alguém que pudesse entrar.)

Adorei as palavras.
Bjs

coisasdagaveta.blogs.sapo.pt

9/25/2006 1:50 da tarde  
Blogger Pedaços de mim said...

Boa tarde,
È do que mais tenho saudades agora de um pouco de “mar e sol”,
agora que eles teimam em partir é quando me deixa mais saudades,
Gostei do blog, gostei de tudo,
Bj

9/25/2006 2:21 da tarde  
Blogger Armando said...

Olá!! Fui entrando... gostei imenso das tuas palavras no poema da Ana Luar e vim cá dar uma espreitadinha que afinal acabou por ser uma grande espreitadela! Li muitos dos teus posts... imprimi alguns e mostrei-os aos meus e minhas colegas! Todos belissimos!! Bem hajas!!

9/25/2006 3:51 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Guarda bem quem tens dentro de ti...beijinho terno, Léo

9/25/2006 4:42 da tarde  
Blogger an ordinary girl said...

Lindo, teu poema!!!
Admiro tanto as pessoas que sabem dizer as coisas que eu sinto e não sei dizer. Não sei dizer, pelo menos tão bonito assim!

Um beijinho meu, para ti.

fatima

9/25/2006 5:22 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Lindoooooooooooo!!!
MAR_E_SOL quando amamos não temos necessidade nenhuma de entender o que acontece,porque tudo passa a acontecer dentro de nós.
Beijokas,Adoro-te
Reviver

9/25/2006 9:32 da tarde  
Blogger White Angel said...

...quando nos tocam na alma...
...o que dizer mais, o que sentir mais...
Não consigo escrever mais nada...
é muito intenso o que escreveste...
Obrigada pela força...
Beijos com carinhos...

9/26/2006 12:39 da tarde  
Blogger mar_e_sol said...

frog, vindo de ti, um poeta por excelência, fico sem palavras...:)

guilherme f., os sentimentos não ocupam espaço logo, não nos perdemos, antes pelo contrário...:)

pedaços de mim, mas o mar tá lá sempre e o sol vai aparecendo...;)
Obrigada pela visita

armando, exagero teu...;)
Obrigada pela visita

Léo, sabes que sim...:)

fatima, importa sim sentir e fazer sentir, quanto à forma de expressão, nevermind...:)

Reviver, eu sei que tu sabes e tu sabes que eu sei...:)

white angel, força Angel...:)

9/26/2006 1:28 da tarde  
Blogger Claudia said...

Muito bonitas as tuas palavras mar_e_sol...

Esperemos que depois de entrar não se saia.O mais difícil é permanecer, ficar. É tão difícl...

Beijo

9/26/2006 4:03 da tarde  
Blogger Claudia said...

Muito bonitas as tuas palavras mar_e_sol...

Esperemos que depois de entrar não se saia.O mais difícil é permanecer, ficar. É tão difícl...

Beijo

9/26/2006 4:03 da tarde  
Blogger sentidos said...

Gostei das tuas palavras. Cuida esse amor...esse sentimento...mas guarda na tua alma um cantinho onde ninguém chegue, pois é aí, que por vezes nos conseguem mesmo magoar...voltarei.

9/27/2006 12:53 da tarde  
Blogger mar_e_sol said...

claudia, o importante é viver enquanto está...de peito aberto...;)

sentidos, assim não haveria entrega, acho...;)
Obrigada pela visita

9/28/2006 10:07 da manhã  
Blogger A. said...

Senti...











um beijinho minha querida.

10/02/2006 1:02 da manhã  
Blogger mar_e_sol said...

a., :)) beijinho de volta...

10/03/2006 11:10 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home