sexta-feira, julho 21, 2006

Simbiose II

Pois é...o calor continua e lá fui até à varanda fumar um cigarro (ainda não percebi se tenho que deixar de ir à varanda ou de fumar...;)) Desta vez, a única diferença é que o céu está transparente e fiquei a pensar:
O envolvimento emocional de duas pessoas com espaços físicos distantes, leva a que através de artefactos um e outro se tentem enquadrar momentaneamente em locais, para que se visualizem, sintam os cheiros, partilhem um todo inexistente. Provas concretas e evidentes de dois universos que dificilmente se cruzam, simplesmente se tocam. Mais uma vez as emoções a falarem mais alto que a razão. Apela-se à Lua, ao Sol, ás Estrelas, entidades únicas no Universo, como o telhado que alberga seres afastados por dezenas, centenas, milhares de quilómetros...que num determinado momento imaginam estar à distância de um beijo!... Ilusões, nada mais que ilusões!...

19 Comments:

Anonymous Bette said...

Por experiência própria um dia deixei de acreditar em amores á distância, ou então secalhar tinha a ver como o tamanho da distância, ou talvez com o tamanho do amor...
Isso agora também nunca vou ssaber. Mas também já não importa. Recordações lá longe, distantes. Acho que vou até á minha varanda, acho q tens é que deixar de fumar, e eu também. LOL
Beijos.

7/21/2006 8:02 da manhã  
Blogger Velutha said...

Maravilhoso post! Excelente!
Quanto ao deixar de fumar ou fumar tem de ser uma decisão tua. Um dia deixei e nunca mais. Sinto-me bem melhor mas não critico nem hostilizo quem fuma. Fuma na rua.
Amar à distância? É possível mas o encontro tem de ser regular. E o beijinho, o abracinho, o toque na pele ?
A natureza continua a atrair-te. Ela é assim! Sedutora! Tudo quanto é belo, seduz.
Beijinhos

7/21/2006 8:28 da manhã  
Blogger naturalissima said...

Amei este momento.
Em poucas palavras, conseguiste expôr aqui uma serie de sentimentos...
Gostei mesmo muito.

Beijinhos e bom fim de semana
Daniela

7/21/2006 10:27 da manhã  
Blogger Vida said...

A distância é inimiga do amor, no entanto por momentos curtos, a distância ajuda a uma análise mais concreta e costuma saber bem.
Devo estar a precisar de distância.

Beijinhos com carinho.

7/21/2006 11:30 da manhã  
Blogger AnaGarrett said...

Amor à distãncia é cruel. Duro.


Beijos

7/21/2006 1:46 da tarde  
Blogger maresia_mar said...

Olá minha querida.. nem sempre as coisas são fáceis a distância faz doer.. mas nós vivemos também permanentemente em ilusão, por vezes até é bom... o sonho comanda a vida e ajuda no dia a dia.. bjhs e um óptimo fds com cheiro a maresia-mar

7/21/2006 4:19 da tarde  
Blogger frog said...

As ilusões são a antecâmara dos sonhos!... e por vezes intemporalidade que as caracteriza, as distâncias não existem!...

Um beijo e bom fim de semna...

7/21/2006 6:37 da tarde  
Blogger Guilherme F. said...

Ilusões. Amor á distância...não andaste a ler o meu Post, pois não...?
Fica bem
Bjs

7/21/2006 7:16 da tarde  
Blogger alice said...

olá!

finalmente tive tempo para vir aqui

desculpa a minha ausência ;)

agradeço as tuas visitas e os teus comentários, tens sido muito amável, muito obrigada, a sério!

concordo que há coisas etéreas tão intensas como coisas palpavéis, e que o inefável pode acontecer de facto se acreditarmos com toda a nossa força nesse desejo!

vai haver um momento em que vais sentir os lábios dessa pessoa e nenhuma distância existe então entre vocês... é o beijo mágico!

desejo-te um óptimo fim de semana

beijinho grande

alice

7/21/2006 8:24 da tarde  
Blogger dreams said...

sim... procuramos olhar a lua e as estrelas e imaginar que quem amamos, no mesmo instante, também o faz a pensar em nós...

é duro amar alguém que está tão longe...
e como dói a saudade...
quem inventou a distância não fazia ideia do quanto dói a saudade...

são sonhos, ilusões, os momentos em que "temos" quem amamos...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

7/22/2006 12:00 da manhã  
Blogger an ordinary girl said...

O amor pode sobreviver à distancia, acho. Se essa distancia tiver um: principio meio e fim...
Um beijo grande e bom fim de semana, para ti.

7/22/2006 7:40 da tarde  
Anonymous desire e your shell said...

obrigada pela visita. volte sempre será um prazer

beijos

desire

7/23/2006 2:04 da tarde  
Blogger Sophie said...

O Amor é um dilúvio, um descontrole... é um tango que ainda não foi feito, uma boca com sede.
Quando há mesmo Amor, julgo que não há distância que o mate.
Beijinho
Sophie

7/23/2006 3:14 da tarde  
Blogger Claudia said...

E porque as ilusões são tão importantes como a própria realidade, também é preciso tê-las, sem contudo, nunca viver na ilusão...

Beijo

7/24/2006 2:13 da tarde  
Blogger alikimista said...

Lindo...

7/24/2006 2:53 da tarde  
Blogger Maresi@ said...

Belo e saudoso esse texto
Gostarei e voltarei

beijo Maresi@

7/24/2006 10:21 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Where did you find it? Interesting read Hot flashes and venlafaxine Search engine positioning bartica venlafaxine mr 75mg capsules Cancer of cervix and pregnancy Household hints 2b coffee makers venlafaxine extended release capsule http://www.makedonian-impotence.info/Generic-propecia-safe.html Luksja cosmetics quality olympus laptops withdrawal effects duration venlafaxine

1/29/2007 1:11 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Excellent, love it! Thermister literotica http://www.cosmetic-surgery-center-1.info/pharmacy2005-ultram-online-parmacy.html District attorneys office 16th jdc 1988 volvo 740 wire diagrams

2/21/2007 6:50 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Enjoyed a lot! » » »

3/05/2007 3:03 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home