sexta-feira, junho 30, 2006

Floresta


Quero desbravar-te
Como se de uma floresta virgem se tratasse

As minhas mãos são as serras
Que lentamente fazem entrar
Raios de sol, luz, claridade
E o beijo do luar

A minha língua
É a catana
Que te deixa marcas
Da seiva que derramas

Os meus desejos são
Os murmúrios do vento
Que te sopram a magia
De uma noite de Verão

Sou a tua floresta virgem
Quero ser tua, sim!...

9 Comments:

Blogger oteudoceolhar said...

Hum!! Que sensualidade...floresta envolta num cheiro a maresia...muito bonito gostei. Deixo um beijo n´oteudoceolhar, bom fim de semana ***

6/30/2006 12:46 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Como é bom desbravar uma floresta virgem numa noite de verão..bom fds, beijinhooooosssss, Léo

6/30/2006 1:53 da tarde  
Blogger mar_e_sol said...

oteudoceolhar, no envolvimento é que está a magia...;)
beijinho e bom fds

Léo, ou em qualquer altura, né?!...;)
beijinhos e diverte-te :))

6/30/2006 2:08 da tarde  
Blogger naturalissima said...

Muita magia, muita beleza na dança do amor.
Lindo!

Um bom fim de semana
Daniela

6/30/2006 4:23 da tarde  
Anonymous Tulipa Negra said...

Lindo! Imagens fantásticas para ilustrar o amor no seu acto mais sublime: a posse e a entrega. Gostei muito. Um beijinho.

6/30/2006 5:01 da tarde  
Blogger maresia_mar said...

Olá,
fizeste uma dança com um poema de amor, cheio de sensibilidade.. gostei imenso deste teu post e da imagem.. Bom fds

6/30/2006 5:09 da tarde  
Blogger mar_e_sol said...

naturalissima, adoro dançar :)
Beijinho grande para ti

tulipa negra, dar e receber é a maior dádiva do ser humano :)
Beijinho

maresia_mar, que o mar nos continue a "inspirar"...
Beijinho

6/30/2006 9:59 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

What a great site, how do you build such a cool site, its excellent.
»

7/21/2006 11:27 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

I find some information here.

7/23/2006 8:01 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home