quarta-feira, maio 24, 2006

Outros poderes...


O ser humano é mesmo um animal de hábitos. Bom…ou então sou eu que sou um bicho muito estranho. Há algum tempo “postei” sobre o facto de me ter habituado a fazer as compras de supermercado num determinado local, e que me estava a ser extremamente difícil largar esse hábito (confesso que ainda não o perdi totalmente…mas estou melhor). Quanto às ruas que tenho que percorrer para chegar ao local onde actualmente resido, a situação é algo idêntica. Dou por mim imensas vezes nas ruas que me levam até ao local onde morava. Como se eu e o carro estivéssemos programados para ir para ali e a alteração nessa programação ainda contenha algumas falhas.
Por outro lado, há caminhos pelos quais podemos passar vezes sem conta que nos passam despercebidos. Depois, por esta ou aquela razão, é impossível passar por eles sem sorrir, pois emanam um raio de luz, que nos ofusca, nos cega, e nos leva a percorrer esses mesmos caminhos. Talvez porque neles tenhamos encontrado paz um dia…dia em que as cores se tornaram mais fortes, os cheiros mais intensos, os sentidos mais vivos…há caminhos assim!
A minha prima hoje regressou de férias. Percorreu os "Caminhos de Santiago" a pé. Os seus relatos deixaram-me de água na boca. Será que um dia me aventuro a percorrê-los?
Caminhos...cada um com o seu poder...