sábado, fevereiro 18, 2006

Pulsações

Desejo queima
Desejo é fogo
Fogueira de paixão
Tudo se esbate
Nada se ouve
É a dança do coração
Passa o sol
Passa a lua
Vem o dia
Vem a noite
Desejo que se arrasta
Contido
Incessante
Crescente
Rio que corre
Numa torrente
Mar que se espraia
suavemente
Oceano perdido
No horizonte
E este desejo louco
recorrente
Qual vulcão
Em erupção
Nada ouço
Só o bater do coração

3 Comments:

Blogger Arion said...

Tenho saudades de sentir o meu coração assim... Às vezes chego a perguntar-me se alguma vez terá batido...

2/18/2006 2:17 da tarde  
Blogger Nekynho said...

Fizeste-me lembrar Camões :o)
Boa semana :oD

2/19/2006 3:05 da tarde  
Blogger mar_e_sol said...

arion, claro que bate...sente-o simplesmente ;)

nekinho, Camões? Uau!...
boa semana para ti tb ;)

2/19/2006 10:19 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home