sexta-feira, fevereiro 17, 2006

O Sonho

Sonhar...momentos de prazer
Tudo parece tão real
Mas é como dar a um pobre de comer
Que fica esfomeado no final

É uma sensação de bem estar
Uma anestesia da mente
O sub consciente a revelar
Uma realidade ausente

A vida devia ser um sonho
Permanente, sem sofrimento
O tempo de que dispomos é curto
Curto demais para tanto desalento

Enquanto se dorme e se está acordado
Quanta loucura e quanta frieza
Tudo tão simples e tão complicado
Tanto contentamento e tanta tristeza

Acordei! A dor da realidade voltou
Tentei regressar onde tudo acabou
Mas o gosto amargo foi o que restou
De um sonho, que de sonho não passou!...

2 Comments:

Blogger Arion said...

Possamos nós continuar a sonhar e, assim, ir lavando a alma de fados não concretizados

2/18/2006 2:16 da tarde  
Blogger mar_e_sol said...

arion, o sonho comanda a vida não é? ;)

2/19/2006 10:33 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home