terça-feira, fevereiro 21, 2006

Conversa Matinal

Não sei se é por ser segunda-feira, se por estar um dia cinzento e chuvoso, se por ter fugido da habitual rotina, mas ele há conversas que me põem fora de mim…
Esta manhã, depois de deixar o filhote mais velho na escola, fui com o mais pequenito tomar um café. Eu, fui tomar café, o pequenito acompanhou-me…terá tempo, ou não, de se viciar na cafeína. Quando saía da pastelaria, cruzo-me com uma daquelas pessoas que me diz pouco ou nada. Uma entre as muitas que conhecemos porque, por um ou outro motivo, a vida faz questão que nós conheçamos. Vinha com os seus dois filhos – um “homem feito”, já com barba e com 1,90m no mínimo e um outro que deve ter mais ou menos 12 anos, mas ainda com um ar de bebé chorão que dá vontade de apertar as bochechas e fazer: cuchi – cuchi.
- Olá, bom dia. Tudo bem? – diz ela.
- Sim, tudo. E vocês?
- Olha, cá estamos para iniciar mais uma semana de trabalho.
- Pois...
- Este é o teu mais novo, não é?
- É. O mais velho já está a “trabalhar” ou a fazer por isso. Já tens “um homem” que te come a sopa na cabeça.
- É, e no 2º ano de engenharia.
- Hum!...O mais novo tem um ar tão calmo e tranquilo.
- Mas é graduado em artes marciais.
- Hum!...Bom, tenho que ir andando. Prazer em ver-te.
- Igualmente!...
Macacos me mordam se isto é conversa de mãe babada ou de alguém com um qualquer tipo de frustração que se realiza através dos “feitos” dos seus rebentos. Só me fez lembrar a anedota do “…por falar em busto de Napoleão…”!...
Há dias que não tenho mesmo pachorra nenhuma.

3 Comments:

Blogger aNa said...

é uma tristeza, realmente!
parece que apresentam os miúdos como se fossem produtos!
beijos para ti :)

2/20/2006 4:22 da tarde  
Blogger Arion said...

Deixa, não te rales. Onde eu trabalho há uma que diz que só pode dizer que os filhos são génios. Haja alguém naquela casa que o seja...

2/20/2006 8:10 da tarde  
Blogger mar_e_sol said...

ana, beijos recebidos :)

arion, génios só o génio da lâmpada ;)

2/21/2006 9:05 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home