terça-feira, fevereiro 07, 2006

À beira mar

Há pouco fui até à beira mar. É...moro e trabalho à beira mar...
Gostava de interiormente estar calma e serena como ele.
Mas a vida tem muitas marés. Ah, se tem...
Ora apanhamos as ondas e nada nos impede de sorrir.
Ora somos embrulhadas nelas e torna-se difícil vir à superfície respirar.
Mas há mais marés que marinheiros.
Embora os sorrisos tenham as mais diversas formas e feitios, todos eles têm a mesma origem - a felicidade. E esta existe nas pequenas coisas. É a essas que tenho que me agarrar: um belo passeio numa praia deserta, um gelado partilhado numa qualquer esplanada à beira mar, um pôr do sol encantado, uma mão que se entrelaça na nossa, um olhar que nos despe por inteiro, um sorriso que nos enche a alma...pequenas coisas?! Não!...Estas são pequenas grandes coisas
que dificilmente se conquistam e facilmente se evaporam...